Sem categoria

A verdade sobre as Mulas Sem Cabeça

By 19/06/2017 No Comments

Isso deve ter acontecido muitas vezes com meus antepassados. Incontáveis são as cidades que trazem em algum momento de sua história a maldição da Mula Sem Cabeça.

Mas para mim, aquela foi a primeira vez. E isso é sempre inesquecível.

O que mais me impressionou não foi a luz cegante que emanava das chamas. Nem o arrepio que senti, e ainda sinto, quando ouvi o relinche daquela besta.

O que me deixou absolutamente perplexo, chapado de medo, foi o tamanho daquele monstro. Talvez na história da humanidade ninguém tivesse chegado perto o suficiente para se dar conta do fato. Aquilo não era uma Mula. Longe disso. Aquilo era uma égua. Grande, forte, e completamente descontrolada.